14 Bis convida Beto Guedes

Músicos mineiros se unem para realização de show especial de Natal, no dia 3 de dezembro, no Palácio das Artes  

Pela primeira vez em Belo Horizonte, a banda 14 Bis convida Beto Guedes para o show de Natal. “Essa é a oportunidade para fechar o ano muito com uma ótima energia! Tenho certeza de que as pessoas vão gostar bastante, pois a qualidade musical está excelente, além do carisma e profissionalismo dos artistas”, destaca Gegê Lara, produtor da Nó de Rosa. 

Com uma mistura de músicas inéditas e releituras, o 14 Bis dividirá o palco com Beto Guedes durante todo o show. Sal da Terra (Beto Guedes e Ronaldo Bastos), Trem Azul (Lô Borges), Natural (Tavinho Moura e Flávio Venturini), Nova Manhã (Tavinho Moura, Flávio Venturini e Vermelho), Mesmo de Brincadeira (Cláudio Venturini e Vermelho), Sonhando o Futuro (Cláudio Venturini e Ló Borges); Bola de Meia, Canção da América, Bailes da Vida (Milton Nascimento e Fernando Brant); Planeta Sonho, Nave de Prata, Linda Juventude (Márcio Borges, Vermelho e Flávio Venturini); Todo Azul do Mar (Flávio Venturini e Ronaldo Bastos), Mais uma Vez (Flávio Venturini e Renato Russo); Espanhola (Flávio Venturini) e Caçador de Mim (Sérgio Magrão e Luís Carlos Sá), são algumas das canções que o público irá curtir.  
“Esse será um grande encontro. Conheço o Beto há bastante tempo. Nossa amizade é antiga, de antes do 14 Bis existir. Eu fui até técnico de som do Beto Guedes. São muitas histórias para contar. A nossa relação é muito próxima. O Beto já gravou músicas nossas e nós as dele. O Beto participou da gravação do nosso DVD cantando “Caçador de Mim” e foi sensacional. Temos certeza que será um show imperdível”, conta Cláudio Venturini.

Segundo Vermelho o show vai ter uma pegada mais voltada para o rock progressivo do Clube da Esquina. “Não vamos cantar apenas as nossas músicas. Estamos preparando surpresas para o público. Temos um amor em comum por Beatles, Stevie Winwdood, Eric Clapton, e provavelmente vamos surpreender o público com algumas músicas desses artistas”,  adianta.